segunda-feira , 25 maio 2020
Capa » Mercado & Negócios

Mercado & Negócios

L’Occitane au Brésil: sete anos de uma história de amor e de respeito com o Brasil

Com alma francesa e coração brasileiro, marca celebra as diversas belezas do Brasil em todos os seus produtos. Leia Mais »

BASF registra aumento de 7% nas vendas no primeiro trimestre de 2020

Vendas de €16,8 bilhões (aumento de 7%), devido, principalmente, ao crescimento dos volumes. Leia Mais »

Faturamento com álcool gel deve ser dez vezes maior que em 2019

Segundo a ABIHPEC, o faturamento do produto este ano deve ser dez vezes superior ao de 2019, chegando a R$ 1 bilhão. Leia Mais »

Venda de produto de higiene e beleza cai até 15%

Estimativa é da associação das fabricantes; queda é maior nos produtos vendidos em franquias ou por redes de revendedoras. Leia Mais »

Natura avança na produção de álcool líquido e em gel para doação

Produtos essenciais, como sabonetes, álcool em gel e em solução 70% seguem para doação junto a parceiros; ação realizada com Avon já distribuiu  mais de um milhão de sabonetes. Leia Mais »

São Paulo registra crescimento na venda de itens de higiene

Em São Paulo, venda de papel higiênico cresceu 211% em uma semana de março. Itens de festa, papelaria e moda são deixados de lado. Leia Mais »

Vendas de produtos farmacêuticos e cosméticos no DF teve 2º melhor resultado do país em fevereiro

Um mês antes da pandemia de coronavírus, vendas cresceram 18% em comparação ao mesmo período de 2019. Especialista explica que prevenção à Covid-19 não influenciou resultado. Leia Mais »

Água de Cheiro prevê abertura de 80 operações em 2020

Expectativa da rede é chegar à marca de 260 unidades contratadas até o final do ano. Leia Mais »

Coronavírus: como requerer os auxílios do governo que já estão em vigor

Medidas passam pelo adiantamento de 13º de aposentados até auxílio emergencial para informais; há também socorro para empresas. Leia Mais »

Mercado ilegal de produtos dá prejuízo de R$ 291,4 bilhões para o Brasil

Em 2019, o Brasil perdeu R$ 291,4 bilhões para o mercado ilegal, de acordo com o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP). O valor resulta da soma dos prejuízos de 15 setores industriais com a estimativa dos impostos que deixaram de ser arrecadados. Leia Mais »