sábado , 17 abril 2021
Capa » Home » Entenda como um game mudou a rotina de colaboradores e tem ajudado a tornar a operação do Grupo Boticário mais ágil
Entenda como um game mudou a rotina de colaboradores e tem ajudado a tornar a operação do Grupo Boticário mais ágil

Entenda como um game mudou a rotina de colaboradores e tem ajudado a tornar a operação do Grupo Boticário mais ágil

Com engajamento superior a 60% e investimento de cerca de R$ 1 milhão, o “Connect” mudou a forma como os colaboradores consomem e aprendem conteúdo relacionado à empresa

Partindo da ideia de que não há um varejo ágil sem que as operações da empresa também sejam ágeis, o Grupo Boticário tem aprimorado e modernizado as formas de garantir a evolução e os aprendizados e treinamentos aos seus colaboradores. Uma dessas ferramentas se chama “Connect”, um game interno jogado pelos funcionários que lhes garante não só um conhecimento maior da empresa e das suas atribuições, como premia aqueles que evoluem mais nos conteúdos oferecidos que são aplicados às suas áreas de atuação.

Desenvolvido em parceria com a Benkyou, o Connect é um game que permite aos colaboradores vivenciar experiências e avançar as “fases” à medida que comprovam evolução. Tudo fica registrado e garante também informações sobre a adesão dos funcionários às informações necessárias para projetos e outras rotinas de trabalho. Ao todo, o Grupo Boticário já investiu R$ 1,1 milhão na ferramenta, entre prêmios, manutenção e construção de conteúdo com parceiros.

“O Connect traz de forma lúdica, em um ambiente de game com as nossas essências, os conteúdos essenciais da nossa transformação digital. O aprendizado é feito por diversas formas, seja por quiz, textos, vídeos e podcasts, mas todos dentro de um formato leve e atraente. Trabalho há sete anos em projetos de transformação digital e ao chegar no GB, há um ano e meio, nunca tinha visto algo assim, com tamanho engajamento do público que é o foco do nosso game. Estou orgulhoso dos resultados e honrado em estar o conduzindo hoje com um time fantástico”, conta Paulo Costa, do time de Transformação Digital do Grupo Boticário que lidera o projeto.

Felipe Magaldi, diretor da fábrica do Grupo Boticário em Camaçari (BA), dá um exemplo prático de como o Connect agilizou a implementação de um sistema importante à indústria. A empresa adotou o MES (Manufacturing Execution System), uma plataforma de gerenciamento das atividades de produção que estabelecem uma ligação direta entre o planejamento e a execução diária da fábrica.

Foram feitas duas tentativas anteriores de implementação do MES que não deram certo. Já na terceira, o resultado foi muito melhor, houve grande sensibilização das pessoas sobre importância das tecnologias 4.0 e seus impactos para o futuro. O game, entre outras ferramentas, alavancou o engajamento de todos para a implementação do MES.

“O conhecimento está distribuído e pode ser aprendido de duas formas. Todo o conteúdo está em um game, de forma lúdica e moderna. Os mais tradicionais têm a opção de estudar o conteúdo do Connect nesse mesmo aplicativo, em forma de textos e realizar provas de assimilação. O Connect veio para calibrar e desenvolver o conhecimento sobre a indústria 4.0, deixando um registro de como cada um dos participantes tem evoluído”, conta Magaldi.

Outra vantagem do Connect está no fim da necessidade de deslocamento para certos tipos de treinamento, algo que ganha ainda mais valor em tempos de pandemia. Fábio Miguel, diretor da área de logística do Grupo Boticário, e que coordena a operação em centros de distribuição de seis Estados, considera que o Connect colabora para a redução dos custos. “Imagina juntar seis equipes, reservar hotel, espaço para ministrar os cursos e treinamentos. Teria um custo gigante. O Connect não só tem a praticidade do ensino à distância, como também estimula os mais jovens a trazer ideias, já que essa é uma linguagem mais próxima do universo deles”, conta Fábio. “A transformação digital de operações passa por processos, pessoas e tecnologia e o Connect representa um dos pilares dessa transformação digital de operações dentro do Grupo Boticário”, completou o diretor.

Entre os colaboradores o uso do game tem sido muito bem aceito e adesão a ele, que não é obrigatória, já é de 62% com base em dados de 2020 e 2021. “O Connect nos apresentou conteúdos muito relevantes e de forma leve e didática. O que mais levei para mim dessa mentalidade ágil foi a forma de aterrissar ideias em entregas rápidas e relevantes”, conta Filipe de Souza Pinto, da equipe de Supply Chain do Grupo Boticário.

“Me senti conectada, cada módulo me ajudou a pensar sobre meu dia a dia e como eu posso fazer diferente. Percebi que ser ágil é uma forma de pensar, um mindset, que ajuda a achar soluções de forma rápida e efetiva e que não é só uma metodologia. São práticas, uma forma de agir no dia a dia”, completa Ana Maitê Smith Bizolo, analista de Meio Ambiente do GB.

Cadastre-se para receber as matérias também via WhatsApp

Portais de Notícias 2A+

Conteúdos exclusivos, matérias, entrevistas, artigos, eventos e muito mais todo dia, a qualquer momento, para fazer de você o seguidor melhor informado.

Jornalismo feito por Jornalistas.

Integramos os elos entre a indústria, os fornecedores, o varejo e o consumidor. A Qualidade que seleciona seguidores de Qualidade.

Os fornecedores que prestigiamos são os nossos anunciantes.

Faça network com o mercado, não disperse tempo e dinheiro, anuncie conosco. Quem tem poder de decisão está nos Portais 2A+. 

The best way to access the Brazilian life sciences industry market.

 

 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*