Capa » Medicina estética » O que não te contaram sobre lipoaspiração
O que não te contaram sobre lipoaspiração
Dra. Larissa Sumodjo Cirurgiã Plástica, pela SBCP. Divulgação

O que não te contaram sobre lipoaspiração

O Brasil se tornou o país campeão na realização de cirurgias estéticas, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), divulgados no final de 2019. A mamoplastia é a cirurgia mais procurada no país, seguida pela lipoaspiração.

A lipo, como é popularmente conhecida, é uma cirurgia na qual o cirurgião plástico remove as células de gordura que fica na região subcutânea por meio de uma cânula e vácuo (vindo por uma seringa ou aparelho). Para ser seguro, o procedimento não deve remover mais do que 7% da gordura corporal.

A cirurgiã plástica Dra. Larissa Sumodjo, da SBCP, elenca 5 fatos sobre o procedimento que a maioria das pessoas desconhecem:

1️-A lipoaspiração é uma cirurgia de mínimas cicatrizes, como se tivesse removido uma pinta. Algumas dessas pequenas cicatrizes podem até ser escondidas por um biquíni, por exemplo, outras não.

2-As regiões em que se vê os melhores resultados são os flancos, culotes e abdome.

3-Existe um limite de quantidade de gordura que pode ser retirada, regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina, para garantir segurança ao paciente.

4-A lipo pode permitir um retorno precoce ao trabalho. Para procedimentos mais localizados, em que não se remove grande quantidade de gordura, é possível voltar à rotina 5 a 7 dias após a cirurgia.

5-Enquanto não saírem todos os roxinhos, não é permitida a exposição solar devido ao risco de pigmentação permanente da pele.

Sobre Dra. Larissa Sumodjo

  • Médica granduada pela Universidade federal de São Paulo – UNIFESP/EPM (2006)
  • Residência médica em cirurgia geral – Universidade federal de São Paulo – UNIFESP/EPM (2007/2008)
  • Residência médica em cirurgia plástica – Universidade federal de São Paulo – UNIFESP/EPM (2009-2011)
  • Membro associado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (desde 2012)
  • Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (desde 2014)
  • Chefe de equipe de reconstrução mamária do programa de filantropia do Hospital Sírio Libanês (2012 a 2018)
  • Médica de retaguarda de cirurgia plástica do Hospital Sírio Libanês (2019-2021)

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*