sábado , 16 outubro 2021
Capa » Notícias » Hydra Lipgloss: novo tratamento ajuda a manter os lábios saudáveis

Hydra Lipgloss: novo tratamento ajuda a manter os lábios saudáveis

Novo tratamento regenera e hidrata a região e diminui as rugas de expressão. O dermatologista Otávio Macedo explica ainda como cuidar da pele dos lábios e prevenir o envelhecimento precoce

O tempo seco e frio pode levar ao ressecamento das mucosas e dos lábios. Por isso, é importante redobrar a hidratação dessa área. Mas, independentemente do clima, os lábios pedem cuidados diários, a exemplo do que se faz com o rosto. Segundo o dermatologista Otávio Macedo, os lábios sofrem os processos de envelhecimento tanto quanto outras áreas do corpo. E, por ser uma pele mais fina, a torna mais suscetível aos danos do tempo, o que acaba acentuando linhas e vincos.

Para amenizar essas marcas, a Clínica Otávio Macedo e Associados está com um novo tratamento, o Hydra Lipgloss, que hidrata e regenera a área dos lábios, além de proporcionar volume nas linhas de expressão. “O procedimento é feito com dermapen, que proporciona um microagulhamento, levando a formação de colágeno”, explica Otávio Macedo. “São realizadas de duas a quatro sessões, com intervalo de dez dias. O tratamento é indolor e feito sem anestésico”.

Importante lembrar que o Lipgloss não é preenchimento, mas sim um tratamento para regenerar a pele. Se a ideia é preencher, a indicação é fazê-lo com ácido hialurônico para que se crie um volume nos lábios. “Alguns tipos de lasers também ajudam a deixar os lábios mais volumosos. Cabe ao dermatologista analisar e indicar o tratamento ideal para cada caso”, diz Otávio Macedo.

Cuidados diários

Para o dia a dia, o médico recomenda usar hidratante de preferência com protetor solar. Também é importante evitar morder ou arrancar as eventuais peles que fiquem salientes na boca. E na hora de escolher um hidratante labial – especialmente com o uso de máscara – dar preferência por lip balms na versão cera, que fixam mais. Apesar de ser um reflexo natural quando o lábio está desidratado, passar saliva só estimula o ressecamento da epiderme da boca.

Sobre Otávio Macedo

Graduado em Medicina pela Universidade de Taubaté, Residência em Dermatologia no Centro Hospitalar da Universidade Vaudois (CHUV), Lausanne, Suíça, Residência em Dermatologia na Universidade de Buenos Aires, Argentina, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro Fundador da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia a Laser, Membro da Academia Americana e Europeia de Dermatologia e atua na profissionalmente a cerca de 40 anos.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*