terça-feira , 23 julho 2019
Capa » Cursos e treinamentos » Eventos da ABIHPEC geram debates sobre fotoproteção

Eventos da ABIHPEC geram debates sobre fotoproteção

Membros de equipe da ISO que discute as metodologias para avaliação dos protetores solares apresentaram o andamento das discussões.

Para promover a troca de informações sobre proteção solar e inovações que contribuam com o desenvolvimento da indústria e a fabricação de produtos que protejam a saúde da população de maneira ainda mais eficaz, a ABIHPEC (Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) realizou a 5ª edição do Workshop de Fotoproteção e o Seminário “Talk to the Global Sun Experts” nos dias 24 e 25 de abril, respectivamente, em São Paulo.

Os eventos foram iniciativas do departamento de inovação e tecnologia da entidade, o ITEHPEC, e reuniram ao todo mais de cem pessoas interessadas no tema e que representavam empresas do setor, institutos de pesquisa e universidades, bem como especialistas de países como Estados Unidos, Suíça e Austrália.

Um dos principais temas abordados foi a ISO para protetores solares (ISO 24444), que envolve grupo global para sua formatação, e que tem previsão para ser aprovada em 2020. Uli Osterwalder, um dos participantes do grupo, apresentou novos métodos para avaliação de protetores solares in vivo e in vitro, que podem auxiliar a indústria em seus processos de fabricação futuros.

Temas como hábitos de consumo, campanhas de incentivo ao uso e inovações da indústria também foram debatidos. Na opinião dos participantes, a iniciativa contribuiu para o compartilhamento de conhecimento importante para que a fotoproteção seja pensada sob diversas perspectivas.

“Estimular a inovação e o desenvolvimento da indústria de HPPC é uma das atribuições da ABIHPEC, e situações como estas são essenciais para isso e para posicionar o Brasil entre os países que detém conhecimento de ponta sobre o tema. Agradecemos os palestrantes que abrilhantaram nossa programação ao compartilhar seu conhecimento e elevaram o nível dos eventos”, disse o presidente-executivo da ABIHPEC, João Carlos Basilio.

Sérgio Oliveira, diretor de P&D da Johnson & Johnson e membro do Conselho Científico-Tecnológico da ABIHPEC, ressaltou a importância de se debater a fotoproteção considerando diversos ângulos e contextos globais. “Reunir especialistas de diversos países para tratar o tema considerando aspectos científicos, tecnológicos, educacionais e comunicacionais é uma maneira de expandir nossas percepções e aprimorar nosso conhecimento”, afirmou.

Nesse sentido, o diretor de Assuntos Médicos, Operações Clínicas e Pesquisas sobre Proteção Solar da Bayer nos Estados Unidos, Eduardo Ruvolo, destacou a importância de se disseminar informações sobre fotoproteção pela sociedade. “É preciso levar o conhecimento para fora dos centros de pesquisa para criarmos uma cultura de proteção solar em todo o mundo, principalmente no Brasil que é um mercado grande e importante globalmente”, disse o especialista.

Carlos Praes, presidente do Conselho Científico-Tecnológico da ABIHPEC, disse ter sido surpreendido com a qualidade das apresentações ocorridas nos encontros. “Há bastante tempo não tínhamos a troca de informações tão valiosas aqui no Brasil. Antes tínhamos que ir ao exterior para obter este tipo de conhecimento, mas com estes encontros o conhecimento veio até nós. São informações de vanguarda que com certeza contribuem com o desenvolvimento de produtos inovadores de maneira que seja atendida a regulamentação internacional”, relata.

O dermatologista Sérgio Schalka, diretor da Medicin Instituto da Pele, valorizou a importância de um tema como fotoproteção ser debatido aqui no Brasil, país com alta incidência solar. “É raro reunirmos especialistas como estes, e foi muito importante que isso tenha ocorrido no nosso país. Saímos daqui com perspectivas que com certeza irão contribuir com o desenvolvimento de protetores solares com qualidade ainda mais aprimorada”, afirmou.

É o que ressaltou a gerente de inovação da ABIHPEC, Marina Kobayashi. “Nosso objetivo com esses encontros é agregar valor aos participantes com as mais atualizadas informações e um elevado patamar de conhecimento sobre a matéria da fotoproteção”, disse.

Representantes de diversas empresas do setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos estavam nos encontros e se mostraram satisfeitos com a informações compartilhadas, é o caso da gerente de engajamento científico da Johnson & Jonhson, Bárbara Frias. “Nestas situações percebemos a grande quantidade de perspectivas com as quais podemos abordar a fotoproteção. Se há tanta informação para ser trocada entre cientistas e especialistas, imagina o quanto a população ainda precisa ser informada. Eventos como estes são fundamentais para isso e precisamos reforçar a conscientização através, por exemplo, de mais incentivos do governo para campanhas de conscientização”, disse ela.

Fonte: ABIHPEC

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*