quinta-feira , 12 dezembro 2019
Capa » Mercado & Negócios » L’Oréal terá de pagar US$ 91 milhões por furtar segredos de start-up

L’Oréal terá de pagar US$ 91 milhões por furtar segredos de start-up

Segundo decisão de tribunal nos EUA, gigante francesa de cosméticos teria se apropriado de fórmula de produto para proteger cabelos.

A gigante francesa dos cosméticos L’Oréal terá de pagar a uma start-up americana US$ 91,3 milhões por furto de segredos industriais, quebra de contrato e violação de patentes. O processo abrange um popular produto para proteger os cabelos durante tratamentos de descoloração. A sentença é de um júri num tribunal federal no estado de Delaware.

A start-up, a Olaplex, acusou a L’Oréal de furtar seus segredos industriais durante uma reunião de negócios em 2015, quando as duas companhias tratavam de uma possível aquisição da start-up. A gigante francesa negou a acusação, dizendo que desenvolveu de maneira independente em 2014 a substância usada no produto para descoloração e a utilizou em seus próprios cosméticos.

O tribunal decidiu em junho que os produtos da L’Oréal infringiram as patentes. Os jurados deveriam responder a três perguntas: 1) se as patentes eram válidas; 2) se a companhia francesa furtara os segredos; e 3) se violara acordos de confidencialidade. O júri disse “sim” nos três casos.

“Estamos orgulhosos de que os direitos da Olaplex foram garantidos depois de um longo litígio”, disse Joe Paunovich, advogado da Olaplex.

Uma porta-voz da L’Oréal disse que a companhia discorda veementemente do veredicto e pretende recorrer dele. Observa que a decisão vale apenas para o mercado americano.

“Continuamos a acreditar que as acusações da Olaplex contra nós são infundadas,”disse a porta-voz Lauren Riezman. “Ela não tinha base para nos acusar de violação de patente, e nem usamos de forma errada informações da empresa.”

A Olaplex não tem lojas físicas e emprega menos de 30 pessoas. Mas seus produtos, lançados no site da companhia em 2014 após um teste com cabeleireiros consagrados nos EUA, conquistaram o público. A empresa diz que eles fortalecem e reconectam proteínas do cabelo durante o processo de descoloração.

A L’Oréal, cuja tradição na indústria da beleza remonta a mais de um século, reportou faturamento de US$ 30 bilhões no ano passado. A linha de produtos em questão envolve um processo em três partes para proteger os cabelos, e é parte de uma divisão da empresa responsável por vendas da ordem de US$ 3,7 bilhões.

Em novembro de 2014, a SalonCentric, distribuidora de produtos de beleza nos EUA, passou a trabalhar com os produtos da Olaplex. A distribuidora é da L´Oréal, que percebeu a popularidade dos produtos e tentou contratar os dois cientistas que os inventaram, segundo documentos do processo. Mas eles preferiram ficar na start-up.

Fonte: O Globo

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*